5 Tendências para 2017

Ano após ano são criadas novas tendências dentro dos mais variados temas, e no que toca à Internet, é impossível prever quais são as tendências do próximo ano, mas uma vez que já nos encontramos quase a meio de 2017 podemos enumerar algumas que estão a ganhar um enorme peso, e importância, junto dos utilizadores.

tendencias-do-marketing-digital-em-2017

1. Storytelling

Apesar de já não ser uma novidade, a verdade é que algumas redes sociais decidiram apostar num storytelling mais informal através da criação de “histórias” com limite temporal, inspiradas no Snapchat. Instagram e Facebook foram procurar inspiração junto desta rede social, roubando-lhe o seu factor diferenciador. Instagram Stories, Facebook Stories, Instagram Live e Facebook Live são algumas das formas de utilizar o storytelling alinhando-o com a política de comunicação da sua marca, de uma forma mais informal e leve.

Storytelling

2. Chatbots

Os chatbots enquanto ferramenta de inteligência artificial são, sem dúvida, uma mais-valia para as organizações e um novo estudo lançado recentemente prova isso mesmo. Taxas de receptividade a rondar os 80% são dados fidedignos e que mostram a abertura dos utilizadores a estes meios de comunicação. As companhias aéreas, agências de comunicação, como é o caso da CNN, marcas de vestuário, como a Tommy Hilfiger, já estão por dentro do assunto e já são experientes. Apesar de uma das primeiras organizações a utilizar, em Portugal, ser o El Corte Inglês, há outras a seguir o mesmo caminho.

banner_chatbot

3. Utilizadores Poderosos

As marcas começam a dar cada vez mais importância ao que se diz sobre as mesmas, na internet, devido à importância que uma simples partilha pode ter no seu negócio. As opiniões pessoais começam a atingir proporções enormes e as redes sociais estão cada vez mais otimizadas para dar voz aos perfis em detrimento das páginas.

Além disso, os utilizadores poderão escolher de forma mais segmentada o que ver, tendo em conta os seus interesses.

4. Crescimento do Instagram

O instagram enquanto rede social ganha cada vez mais destaque, uma vez que muitos dos utilizadores migram de outras redes sociais para lá, como é o caso do snapchat, onde já é possível fazer tudo que se fazia na mesma. A rede é mais “clean”, privilegia a estética e os graus de privacidade são maiores. Além disso, o instagram é utilizado por uma população mais jovem, sendo que a população com idades entre os 45-60 anos começa a chegar aos poucos.

Instagram

5. Reach Orgânico

Principalmente o algoritmo do Facebook está cada vez mais focado em conteúdo pago do que em conteúdo orgânico. Aquilo que é orgânico começa a ter um espaço muito reduzido nos nossos feeds e a prova disso é o conteúdo que chega das nossas páginas até aos nossos seguidores. Para ultrapassar estes dificuldades só investindo em publicidades (ads) segmentados, de uma forma correta, para o nosso público-alvo, que será aquele que tem interesse em ver os nossos conteúdos. Além disso, uma estratégia de conteúdos alinhada com uma estratégia de social media será meio caminho andado para que consigamos produzir aquilo que é procurado pelos nossos seguidores.