5 Erros a Evitar nas Redes Sociais

Quantos mais seguidores têm as suas redes sociais, mais difícil e complexa será a gestão das mesmas. Lembre-se sempre que elas são enormes aliadas na procura por novos mercados, para alcançar nichos e para “aparecer” diante dos seus clientes. Contudo, quando não há uma boa gestão, uma gestão estudada e trabalhada por profissionais, os problemas que eventualmente surgem podem levar a problemas mais graves e sérios, e que por vezes levam a situações extremas. Como tal, ficam aqui alguns conselhos do que deve evitar e do que deve fazer em certas situações.

1. Saiba como responder aos comentários negativos

Obviamente que, como em tudo, não existem apenas opiniões positivas sobre o seu negócio e/ou organização, e como tal terá que saber gerir este feedback negativo que irá receber. Há organizações que preferem ocultar, omitir ou apagar das suas páginas estes comentários, mas isso é o pior que podem fazer! Não oculte a opinião e a experiência de um terceiro. O seu negócio nunca irá agradar a 100% dos que o experimentam, e é do conhecimento geral que nada pode agradar a “gregos e troianos”. Como tal, não tente ganhar uma luta contra quem lhe apontou uma crítica negativa, mas tente transformar essa crítica em valor para a sua marca, através de uma gestão de comunicação que permita que o cliente entenda que irá tirar o devido proveito do seu comentário para conseguir melhor gradualmente.

2. Comprar “gostos” e/ou seguidores

Muitas, mas muitas organizações fazem isto, mas porque é que eu o aconselho a não fazer isto? Muito simples! Uma página com um enorme número de “gostos” e/ou seguidores terá, provavelmente, uma interação e engagement elevado. Mas não é estranho quando entra numa página de uma organização com 500 mil seguidores e tem menos de 1000 seguidores a comentar, “gostar” ou partilhar a publicação? Pois, porque aqueles seguidores comprados não vão interagir e vão diminuir-lhe as estatísticas das suas redes sociais. E aos olhos de quem percebe, que pode até ser um cliente seu, é algo muito mau!

social media mistakes

 

3. Promover constantemente os seus serviços e produtos

Não pode, de nenhum jeito, estar constantemente a promover somente os seus produtos e serviços. Os seus seguidores não querem isso, acredite no que lhe digo. Eles estão há espera que lhes dê informação valiosa, que seja do interesse dos mesmos, e que eventualmente seria uma informação paga. As pessoas adoram receber coisas de forma gratuita, ainda para mais quando sabem que existia um valor elevado numa situação anterior. Através destas ações, em que oferece algo que cria valor para o seu público-alvo, está a criar uma relação personalizada com o mesmo.

4. Querer estar em todos os lados

Sabe que há certas redes sociais que são mais conhecidas e que, geralmente, todos os negócios as usam, certo? E como tal, também vai usar para o seu negócio, correto? Isso está errado, por dois motivos: 1. Os negócios não são todos iguais, e como tal, têm finalidades diferentes, e por isso devem adaptar-se consoante os objetivos aos diferentes social media e ao que eles lhe podem oferecer. Querer estar em todos pode significar não estar bem em nenhum, o que é bem pior! 2. Não tem capacidade para estar em todas as redes de uma forma constante, e bem organizada, como tal, não irá passar uma mensagem coordenada e clara da sua organização, mostrando desorganização e falta de planeamento, o que se irá refletir a 100% sobre a sua organização e no boca-a-boca (word of mouth) será apontada como uma organização exemplo a não copiar!

5. Crie um plano de social media para as diferentes redes

Diferentes redes sociais, diferentes planos, diferentes públicos-alvo, diferentes dados. Não publique aleatoriamente, quando lhe dá mais jeito ou quanto tem mais tempo. Faça um plano estratégico baseado em estudos de 2015 sobre os melhores dias para publicar no Facebook, no Twitter, no Linkedin, etc., qual a melhor hora para cada rede consoante a localização geográfica, a idade, o género, o cargo profissional, etc. E acima de tudo, saiba o que vai passar, como vai passar, a quem vai passar e quando vai passar essa mensagem! Se tiver isto, mais ou menos delineado, num documento excel, por exemplo, será mais fácil para si programar a próxima semana e prevenir-se de imprevistos (se não estiver no computador nesse dia, se estiver numa reunião, no trânsito, numa emergência, etc.).

Conclusões finais

Ao seguir estas dicas estará a evitar possíveis complicações no futuro e a começar a organizar a sua estratégia digital de uma forma mais coesa, com cabeça, tronco e membros. Assim, saberá que a sua equipa está apta para o que der e vier! Nunca se esqueça disto: Uma crítica positiva geralmente é partilhada, mas uma crítica negativa leva apenas segundos para chegar a todo o lado, e com a proliferação da Internet, mais fácil se torna destruir uma marca. Trate os seus seguidores como se fossem seus clientes, pois podem ser ou vir a ser, e como se estivessem à sua frente na sua loja física (hipoteticamente). Muitas destas dicas não são novas para si, mas é sempre bom lembrar o que deve evitar.

 

Fique ao dispor para deixar um comentário e contactar-me se quiser partilhas ideias!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *